Páginas

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Não sejas feia

Se a minha mãe ouvisse os meus pensamentos punha-me tanta pimenta na língua…
Está a ser um daqueles dias em que todos os palavrões disponíveis na minha base de dados sobem à flor da pele.
Acho feio, ou melhor, não aprecio a utilização desse tipo de vocabulário, mas quero lá saber. Em dias como o de hoje é uma diarreia mental que não lembra a ninguém.
Todas as minhas previsões de um ano em grande estão a desparecer como se estivessem sob o efeito de uma descarga do autoclismo…
É melhor não dizer mais nada, porque isto parece-me mesmo uma conversa de merd@.

2 comentários: