Páginas

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

O alívio



Ontem foi um dia em que a minha capacidade de escrita estava especialmente diminuta.
A última consulta de obstetrícia havia sido há cerca de 1 mês e entretanto muito aconteceu. Estava calma mas simultaneamente ansiosa. Conforme as horas passavam, e sabia que estava prestes a saber que estava tudo a correr dentro da normalidade e a considerar a possibilidade de tal não acontecer, a ansiedade ganhava terreno à calma.
Nas últimas semanas houve alturas em que senti peso na consciência por não controlar o que sentia e sinto. Sei que fui muito parva em vários pensamentos nas últimas semanas e meses. Sinceramente, não sabia bem o que pensar.
Ao final do dia lá fomos. A médica, como de costume, super simpática e atenciosa, esclareceu todas as nossas dúvidas, colocou-nos várias questões, orientou-nos relativamente aos próximos tempos… é muito bom sentir esta empatia. Mas sempre com a sombra da dúvida enquanto todo este diálogo ocorria.
Até que: “vamos lá então ver e ouvir o coração do bebé a bater?”.
E as minhas pernas até ficaram bambas. O momento da verdade!
A melhor coisa que ouvi nos últimos tempos: “Vamos então ouvir o coração!” (E ouvimos!) “Estão aqui as mãos, as pernas, a coluna toda direitinha. Está tudo bem!”. Quase que desfalecia de alívio.
Ia com a esperança de ter alguma ideia acerca do sexo mas com estas frases até me se varreu tudo do pensamento. O “não tenho preferência de sexo, o que interessa é que venha perfeitinho” ganha toda uma nova importância.
Palpite da médica é que temos uma menina a caminho mas avisou-nos que era melhor ainda não nos dedicarmos a comprar tudo cor-de-rosa. Vai ser a nossa prenda de Natal a certeza acerca do sexo. Mas, sem sombra de dúvida, o sexo é o que menos importa.

6 comentários:

  1. Sim. Definitivamente o sexo é o que menos importa. :) Que venha com saúde é que o que mais interessa.
    Esta ecografia também não conseguimos ver o sexo do bebé. A médica disse que o bebé não estava em boa posição para deixar ver. Não sei se terá sido disso ou da aselhice da médica com a agravante do ecografo não ser muito bom. Mas já tenho eco e consulta marcada na minha ida para Portugal. Espero na eco morfologica conseguirmos ver o sexo do bebé. Seria uma linda prenda de Natal. :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Excelentes notícias :)
    De agora em diante, talvez possas começar a gozar melhor esse maravilhoso estado de graça!

    ResponderEliminar
  3. Vim aqui deixar um beijinho de "Feliz Natal". :)
    Que esta data seja celebrada com muito amor! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! :)
      Espero que as festas tenham sido excelentes e ano pela frente ainda melhor!
      Beijinhos

      Eliminar